Container

Schroder Consultoria

Endereço: Avenida Bento Gonçalves, 3909 - Centro - Pelotas - RS - CEP 96.015-140

Celular: (53) 98414-0361 -

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba nossas últimas notícias

NOTÍCIAS

BAIXO VOLUME AÉREO E TERRESTRE FUNCIONA MESMO?

Publicado 19/04/2018 às 14:33

Esta é a pergunta que será respondida no 12º Curso de Atualização em Fitossanidade e Tecnologia de Aplicação, nos dias 5 e 6 de junho, na cidade de Santa Maria, RS.

Uma década de ensaios, pesquisas de pós-graduação, observações de campo e participações em eventos técnicos habilitam o professor da USFM Ivan Francisco Dressler da Costa e sua equipe a abordarem o tema tão relevante neste curso.

Baixos volumes podem gerar maior rendimento operacional, mas existe um limite técnico a ser respeitado. Boa cobertura do alvo pelas gotas de pulverização, redução da deriva e caldas com boa estabilidade, principalmente nos casos de misturas de tanque, são fatores a considerar.

O professor Ivan tem avaliado diversos modelos de bicos hidráulicos, bicos eletrostáticos e atomizadores rotativos, nas culturas de arroz e soja.

Além da análise da deposição de gotas com cartões de papel sensível dispostos estrategicamente no dossel foliar, outras importantes ferramentas tem sido adotadas, como a recuperação dos ingredientes ativos através de cromatografia e a quantificação da redução no desenvolvimento dos problemas fitossanitários.

Venha conhecer os resultados e as recomendações que serão apresentadas pra aplicações aéreas e terrestres. Participe!

Compartilhe

Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS